• Tatiany Gailhardo

A inovação como principal vetor da concorrência

"Inovação distingue um líder de um seguidor" – Steve Jobs.


Você já parou para pensar o que move o mercado atualmente? Ou, melhor ainda, o que vem impulsionando a concorrência nos últimos tempos? Pois bem, preparamos essa breve análise sobre inovação frente ao mercado para que possamos refletir juntos.




Sabemos que a concorrência é excelente, é através dela que é possível ter no mercado os melhores produtos e com os melhores preços, entretanto, não necessariamente é importante ter o melhor preço que os seus concorrentes, mas certamente, o melhor produto já é o suficiente para ir conquistando espaço independentemente da área de atuação.


Para essa primeira reflexão, trouxemos um pouquinho da perspectiva de Steve Jobs. Jobs nunca ofereceu os produtos mais baratos do mercado, e muito pior (dependendo do ponta de vista), criou uma rede de eletrônicos e produtos em geral completamente interligados, fazendo com que os consumidores, comprassem todos os produtos que sua marca disponibilizava. Essa discussão no Vale do Silício não foi fácil, mas o que ele tinha em mente com isso, era muito maior do que preço e bons produtos, era inovação.


Ao passo que um pessoa torna-se dependente de seu produto e busca os demais, ele conquistou uma série de fãs, e o melhor, nem precisou criar preços atrativos para isso, o produto falava por si só, e a necessidade de ter mais de um aparelho eletrônico, faz com que os consumidores adquiram produtos da Apple independentemente de preço ou do que a concorrência oferece por aí. Embora a tecnologia aplicada na Apple estivesse à frente no mercado, não sobra dúvidas de que, o grande impulsionador da maçã, sempre foram as ideias inovadores de Steve Jobs, o seu propósito com a marca e o seu comprometimento de empreendedor.


Trazendo para nossa realidade, onde as empresas de tecnologia ganham cada vez mais espaço na economia, a reflexão de que a inovação é o que move o mercado, desde os mais tradicionais até os mais tecnológicos é importante para o nosso dia-a-dia. Logo, não se destaca somente aquele que tem o melhor preço e/ou o melhor produtos, mas sim, aquele que inova mais.


Em um cenário em que as mudanças no mundo acontecem em ritmo cada vez mais acelerado, muito mais do que desenvolver e aplicar novas tecnologias, produtos ou serviços, devemos pensar que a inovação abrange a criação de novos modelos de negócios, a construção de novas formas de atender às necessidades dos consumidores, a formatação de novos processos organizacionais e a concepção de meios diferenciados de competir e de cooperar no ambiente empresarial. Portanto, hoje, reconhecemos que a inovação é um fator principal para impulsionar a concorrência, tornando os negócios empresariais cada vez mais rentáveis, permitindo a sobrevivência longeva de pequenas, médias, e grandes empresas.


A conclusão do ponto de vista concorrencial moderno, é de que é possível através da inovação que seja vendido e entregue aos consumidores qualquer tipo de produto ou serviço, sendo o preço apenas um atrativo a mais, permitindo que qualquer negócio decole e se mantenha no mercado por mais tempo e com muito mais alcance do que somos capazes de prever.


Diego Rubiño e Tatiany Gailhardo.



17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo