• Diego Rubiño

Metaverso: O que realmente significa?

Metaverso é a terminologia utilizada para indicar um tipo de mundo virtual que tenta replicar a realidade através de dispositivos digitais. É um espaço coletivo e virtual compartilhado, constituído pela soma de "realidade virtual", "realidade aumentada" e "Internet". ⠀



O nome metaverso foi usado pela primeira vez no livro “Snow Crash”, do escritor Neal Stephenson, publicado em 1992. Porém, é fato que o assunto ganhou status de revolução tecnológica em outubro de 2021, depois que Mark Zuckerberg anunciou que a empresa Facebook mudaria seu nome para Meta. Ele também declarou que o foco da companhia passaria a estar no mercado de realidade virtual (VR) e de realidade aumentada (VA).⠀

Sendo assim, após o Facebook mudar o seu nome, muitas empresas passaram a investir e querer saber mais sobre o assunto.⠀

Para entender melhor o conceito de metaverso, devemos compará-lo com a internet de hoje. Atualmente, as redes sociais são as principais mediadoras do ambiente virtual. E a “vida digital” é acessada com celulares e computadores. Com o metaverso, a experiência será muito mais imersiva. Mais do que navegar na internet, será possível vivenciá-la por dentro.⠀

Na prática, ao colocar os óculos de realidade virtual, equipados com fones de ouvido e sensores, será possível entrar um mundo virtual online que também incorpora realidade aumentada, avatares holográficos 3D, vídeos e outros meios de comunicação. Ou seja, como se trata de espaços fictícios, o céu é o limite e tudo é possível de ser inventado.⠀

Para visualizar ainda mais o conceito, pense no filme Matrix. No longa, as pessoas vivem em uma realidade virtual arquitetada por uma inteligência artificial assassina que usa seus corpos para produzir energia. O metaverso é mais ou menos por aí, mas sem as máquinas vilãs – pelo menos por ora.⠀

Entusiastas veem no metaverso a evolução da internet. Outros enxergam nele um risco para a privacidade, e uma “droga” viciante. A implantação dessa utopia, no entanto, ainda depende do amadurecimento de algumas tecnologias, como o próprio 5G.⠀

Fontes: Wikipedia, Infomoney e Blog do Nubank.⠀

1 visualização0 comentário